Você já notou que muitos idosos fazem palavras cruzadas, ou se reúnem nas praças para jogar, domino, baralho, dama e xadrez?

Você já notou que muitos idosos fazem palavras cruzadas, ou se reúnem nas praças para jogar, domino, baralho, dama e xadrez?
Eles podem até fazer isso ingenuinamente, sem imaginar o quanto tais atividades são importantes para a saúde mental e a prevenção de doenças degenerativas.

De acordo com a especialista, a pratica desses jogos serve como método preventivo de doenças senis, inclusive, o mal de alzheimer, a forma mais comum de demência.
O jogo é um exercício cerebral eficiente, que estimula:
- O funcionamento e extensão da memória e do trabalho nwuronal;
- A inteligência, capacidade perceptiva e motora do ser humano;
- A atenção;
- Alinguagem responsavél pela fluência verbal;
- A memória visual e espacial;
- O raciocínio e as funções de execução;
- Promove o convívio social, já que para brincar é preciso um grupo de pessoas. Podendo até melhorar o relacionamento interpessoal em família.

Aos 65 anos, Márcio Armstrong prática uma variedade de atividades e diz "se sente ótimo" com o entreterimento. "Os meus jogos favoritos são: dama, dominó e baraho. Desde que comecei a jogar, há dez anos, minha memória melhorou. Já consigo decorar e lembrar mais coisas do que antes", declara o autônomo. "Eu treino sozinho para ganhar dos meus amigos no fim de semana", revela aos risos.

Fonte: www.acritica.com/channels/entreterimento/news/brincadeiras-simples-podem-ajudar-a-evitar-doencas-e-melhorar-qualidade-de-vida-de-quem-ja-chegou-a-terceira-idade